Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

O poder do silêncio

Quando somos jovens, pensamos que o calar é sinônimo de omissão, por vezes até submissão.

Com o tempo, vemos que nem sempre é assim. Que, às vezes, o melhor mesmo é contar até dez, respirar fundo e ignorar.

Depois, percebemos que o silêncio falso gera ansiedade, gastrite e insônia.

A verdadeira maturidade começa quando aquilo que nos feria antes não faz mais a menor diferença.

São precisas, porém, muitas palavras não ditas para se chegar lá...

Ainda existem pequenas batalhas dentro de mim. Agulhas espetadas na garganta, palavras prontinhas pra sair, mas, hoje, penso se elas valeriam realmente à pena. Uma satisfação momentânea motivada muitas vezes por raiva, insegurança, ciúmes, orgulho ferido ou vaidade nunca é a melhor saída.

Por isso, hoje, deixo as palavras de molho por um tempo até que elas peguem o sabor do meu desejo. E só as compartilho se este sabor for verdadeiro.

Calar-se também é sinal de auto-conhecimento, maturidade e respeito próprio. Nem tudo vale a pena a discussão e…

Últimas postagens

O mais e o menos

Quando você nasceu?

13 Reasons Why

À alguém que se foi

Ela, e somente ela

A maior mentira de todas

Então o casamento acabou...

O tempo e o perdão

Só sei que não vou... por aí

Embarque na sua viagem

Uma linda experiência

Uma mensagem do Futuro

Quem disse que ser saudável é fácil?

Quem você quer ser: vítima ou herói?

A hora de parar de sentir raiva

Ao meu novo amor

Um sorriso na tempestade